quinta-feira, dezembro 17, 2009

Confecom aprova proposta de diploma de jornalismo


:: Boletim - Diploma de Jornalismo ::


Os delegados da Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), formada pela sociedade civil, empresarial e pelo poder público, aprovaram, em plenária final, a exigência de graduação específica e regulamentação da profissão de jornalista. A proposta, que seguirá para o Congresso, foi apresentada nesta quarta-feira (16/12).
O resultado foi comemorado pela maioria dos delegados, que aclamaram a decisão e repetiam frases a favor do diploma, obrigatoriedade derrubada em junho deste ano pelo Supremo Tribunal Federal (STF). Além dessa proposta, em uma outra sugestão, a Confecom exige a regulamentação de outras profissões, como a de radialista e outros profissionais de mídia.
Os delegados também aprovaram a criação do Conselho Nacional de Comunicação, com representantes dos setores civil, empresarial e público. Entre outras ideias, a Conferência destacou pontos como mais rigor nas concessões, estímulo às mídias livres, inclusão digital, rádios comunitárias, melhor distribuição das verbas publicitárias públicas, entre outros.
Ate amanhã, todas as propostas aprovadas estarão definidas para avaliação do Congresso Nacional, outras seguem diretamente para o Executivo.


Fenaj acusa imprensa de manter “pacto de silêncio”

sobre a Confecom


“Não consigo ver se é falta de inteligência para ver a importância da Conferência ou se é mesmo a intenção de sabotar o processo”
(Celso Schröder - sobre as entidades patronais que estão fora do evento)

O 1º vice-presidente da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) Celso Schröder, (foto abaixo) afirmou que a imprensa nacional ignora a 1ª Conferência Nacional de Comunicação (Confecom), que acontece até amanhã (17/12) em Brasília.“A imprensa se comporta como sempre se comportou, com um manto de invisibilidade, um pacto de silêncio. A comunicação é o tema menos discutido no Brasil. Isso é um paradoxo”, criticou o jornalista, que também é membro da Comissão Organizadora da Conferência.

Para Schröder, o pouco espaço para o tema se deve ao receio que a imprensa e as empresas de comunicação têm da regulamentação. “Eles ainda têm um pacto mais perverso, porque confundem e acreditam que a regulação limita a liberdade de expressão. Mas a liberdade de expressão não é um patrimônio dos jornalistas ou dos veículos de comunicação”, declarou.
Para cobrir a abertura do evento pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, se credenciaram mais de 300 jornalistas, mas atualmente o número não é o mesmo. A TV Bandeirantes e a Rede TV!, que são representadas pela Associação Brasileira de Radiodifusores (Abra), fazem cobertura do evento. A Folha de S. Paulo e O Estado de S. Paulo também abordam o tema. O restante da cobertura acontece por veículos de menor abrangência nacional. A Empresa Brasileira de Comunicação (EBC) também cobre a Confecom, com transmissões pela TV Brasil e NBR.
No dia 13/08, entidades patronais que representam veículos de comunicação, se retiraram do debate. A discussão foi deixada pela Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert), Associação Brasileira de Internet (Abranet), Associação Brasileira de TVs por Assinatura (ABTA), Associação Nacional dos Editores de Revistas (Aner), Associação dos Jornais do Interior (Adjori) e Associação Nacional dos Jornais (ANJ), por discordarem de alguns pontos de regulamentação.

Fonte: Comunique-se


:::::


sexta-feira, dezembro 11, 2009

Lino Krizz com novo disco na pista!!

:: Dica de Música::

Gênero: Hip Hop

Lino Krizz (Real Família) lança novo disco intitulado “Divisor Of Waters – DUBS ONE”. Fala da carreira de mais de 20 anos com as mais variadas influências entre Música, Cinema, Teatro e Jesus Cristo.


TODA VARIEDADE ARTÍSTICA NO DISCO QUE É UM

“DIVISOR DE ÁGUAS”

Por Monique Barcellos

“História memorável foi quando cantei junto com Jorge Ben Jor.(…) Expliquei a verdadeira história da Bossa Nova para o Doug Wimbish (Living Color)”
– Lino Krizz –

Parte integrante da Real Família (The XXL Company), compositor de mais de 300 músicas e cantor profissional desde os 13 anos de idade. Mais impressionante do que talento precoce e a voz grave marcante, é a versatilidade artística de Cristiano Natalino, mais conhecido como Lino Krizz.
E bota versatilidade nisso! Além da música, onde passeia entre os estilos, das baladas de amor ao Rap pesado e como ele próprio define, “com pegada forte”, Lino Krizz ainda consegue fazer aulas de interpretação para TV, Cinema e Teatro, e esteve em cartaz no musical “Tango Mulher”, como Ator e Diretor Musical.
Lino Krizz se converteu ao Evangelho há pelo menos 9 anos. Ele conta como esse fato determinante em sua vida se refletiu nas composições. Com forte influência de Soul, Bossa Nova, Funk dos anos 70 e Samba-rock, Lino Krizz é uma mistura sofisticada e brasileira.
Atualmente lançou o primeiro álbum solo, de uma trilogia, intitulado “Divisor Of Waters – DUBS ONE”, onde os títulos estão voltados aos milagres da Bíblia.
Confira a entrevista com o Lino Krizz ator e músico, um dos grandes articuladores do Hip Hop, onde relembra desde o início da carreira ainda criança, até os dias de hoje, com disco novo e adianta a agenda de shows. Sempre cercado de fé, talento e amor pela música de qualidade.

Confira a entrevista Exclusiva - The XXL Company (Blog)


Fonte: The XXL Company

quarta-feira, dezembro 09, 2009

Jeff Gardner Trio com convidado especial: Teo Lima - Sáb 12 de Dezembro no TRIBOZ

:: Dica de Show::


Olá amigos e blogueiros!! Essa tá imperdível!


PELA PRIMEIRA VEZ AO VIVO

O pianista Jeff Gardner recebe Teo Lima,
baterista e Diretor Musical da banda de Ivan Lins,
com quem tem 15 CD's gravados,
tem 8 CD's com Djavan e é líder da banda Batacoto.

JEFF GARDNER TRIO COM CONVIDADO ESPECIAL TEO LIMA
SÁBADO, DIA 12 DE DEZEMBRO
ÀS 21 HORAS
NO TRIBOZ
RUA CONDE LAGES, 19 GLÓRIA - LAPA / RJ
RESERVAS: 021-2210-0366



JEFF GARDNER - PIANO
ADRIAN BARBET - BAIXO
TEO LIMA - BATERIA





Assista Jeff Gardner no Programa Radar com uma música do CD "Abraços" (2008):






:::::

sexta-feira, dezembro 04, 2009

Pedro Kemp defende exigência do diploma em sessão comemorativa


Fonte: Imprensa em Notícias

O deputado estadual Pedro Kemp (PT) defendeu a exigência da formação superior específica para o exercício do jornalismo no seu discurso proferido durante a sessão solene em celebração dos 20 anos de criação do curso de Jornalismo da UFMS, ocorrida no último dia 25, na Assembléia Legislativa.
Segundo o parlamentar, o diploma não fere a liberdade de expressão, pois ele é necessário para comprovar a habilitação de profissionais que vão trabalhar a informação sob os prismas da ética, da verdade e da cidadania, dando voz a todos os segmentos, e não apenas àqueles que estão ligados aos interesses econômicos.



Pedro Kemp (foto) reiterou sua torcida pela aprovação da PEC do Senado na CCJ da casa e da Câmara Federal, que agora deve ir para uma Comissão Especial e depois para o plenário.
O deputado ainda mencionou a importância da Conferência Nacional de Comunicação como instrumento de amplo debate e implantação de políticas públicas que visem a democratização da comunicação no país. Também em discurso, o presidente do Sindjor-MS, Clayton Sales, reafirmou sua confiança na aprovação das PEC’s e na volta do diploma, e lembrou que não se trata apenas de uma demanda corporativa da classe jornalística, mas comprovadamente de uma exigência do povo brasileiro e da sociedade civil organizada, manifestada em diversas notas de repúdio à decisão do STF.

:::::

Pois é, amigos e leitores. Mais uma força política a favor da classe jornalística. Vamos registrar esses nomes e seguir na luta..


quinta-feira, novembro 26, 2009

Ministério do Trabalho abrirá frente de discussão sobre Registro de Jornalista Profissional

:: Boletim - Diploma de Jornalismo ::

Fonte: Comunique-se

Com a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) aprovada, o Ministério do Trabalho aguarda análise de sua consultoria jurídica para saber que parâmetros adotar em relação à emissão do registro profissional do jornalista, suspensa desde a decisão do Supremo Tribunal Federal pela não obrigatoriedade do diploma. “Vamos abrir frentes de discussão para saber que rumos devemos tomar”, conta o coordenador de Comunicação do ministério, Max Monjardim.

O ministro Carlos Luppi (foto abaixo) recebeu o presidente da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj), Sérgio Murillo de Andrade, no final da tarde desta terça-feira (24/11). “O ministro deixou claro que não vai abrir mão de continuar controlando a expedição dos registros”, conta Andrade.

Luppi, segundo o presidente da Fenaj, entende que o jornalismo é uma profissão regulamentada e por isso é prerrogativa do Poder Executivo controlar a emissão de registros.

O ministro deve receber novamente a Fenaj em 15/12, para dar continuidade à conversa. Ele também vai consultar a Advocacia Geral da União (AGU) sobre a questão.

::::::::

É, gente, pelo menos com o bom senso do MTb e com um ministro a favor a gente ainda pode contar...Vamos adiante, agora é ficar ligado na CCJ (Comissão de Constituição e Justiça do Senado).

sábado, novembro 21, 2009

FENAJ pede esclarecimentos sobre a decisão do STF



:: Boletim - Diploma de Jornalismo ::

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) confirmou que entrará com embargos declaratórios até sexta-feira (20), sobre o acórdão com a decisão do STF. Na próxima semana, a FENAJ se reunirá com a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma para tratar da tramitação das PECs no Congresso Nacional, e com o ministro do Trabalho, Carlos Luppi, para abordar procedimentos quanto à emissão do registro profissional.

PEC no Senado

A PEC 33/09 que reinstitui a exigência de diploma para o exercício do Jornalismo, deverá ir à votação na próxima quarta-feira, 25 de novembro. Incluída na pauta da Comissão de hoje, a Proposta foi retirada por solicitação de seu autor, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE). O parlamentar avaliou que na sessão da próxima semana haverá condições mais favoráveis para a aprovação da PEC.
Na próxima semana, a FENAJ também deverá se reunir com a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma e com os autores das propostas que tramitam na Câmara e no Senado, visando a possibilidade de fusão das duas propostas para que possam ser analisadas e votadas em sessão conjunta da Câmara e Senado.

Fonte: Blog do O Jornalista

::::::

Segue o vídeo abaixo, onde faço minhas as palavras do ministro Joaquim.


(Tema diferente da PEC do Diploma, mas demonstra a falta de senso de Gilmar Mendes, independente da pauta em discussão):

PEC dos Jornalistas é aprovada e a mobilização continua

:: Boletim - Diploma de Jornalismo::

A Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que restabelece a obrigatoriedade do diploma para o exercício do jornalismo foi aprovada no último dia 11, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara de Deputados. A partir de agora a PEC passará por uma análise de uma Comissão Especial, que ainda precisa ser formada, antes de ir para votação no plenário da Câmara.
Para o Deputado Paulo Pimenta, autor da proposta, a vitória na CCJ foi resultado de uma mobilização de toda sociedade brasileira, especialmente os profissionais, estudantes e faculdades de comunicação do país. A reação da sociedade se deu especialmente via internet, onde a democratização do debate sobre a regulamentação da profissão teve mais espaço, enquanto que nos outros veículos houve uma omissão diante da decisão tomada no dia 17 de junho pelo Supremo Tribunal Federal.
Pimenta e Antônio Carlos Valadares, autor de uma PEC no Senado Federal, pretendem unificar as redações das PECs, possibilitando uma tramitação mais ágil, já que uma aprovação da PEC no Senado não necessitaria de uma aprovação na Câmara e vice-versa.

Fonte: Agência da Hora

FENAJ PEDIRÁ ESCLARECIMENTOS SOBRE A DECISÃO DO SUPREMO

A Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) confirmou que entrará com embargos declaratórios até sexta-feira (20), sobre o acórdão com a decisão do STF. Na próxima semana, a FENAJ se reunirá com a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma para tratar da tramitação das PECs no Congresso Nacional, e com o ministro do Trabalho, Carlos Luppi, para abordar procedimentos quanto à emissão do registro profissional.

PEC no Senado

A PEC 33/09 que reinstitui a exigência de diploma para o exercício do Jornalismo, deverá ir à votação na próxima quarta-feira, 25 de novembro. Incluída na pauta da Comissão de hoje, a Proposta foi retirada por solicitação de seu autor, o senador Antônio Carlos Valadares (PSB/SE). O parlamentar avaliou que na sessão da próxima semana haverá condições mais favoráveis para a aprovação da PEC.
Na próxima semana, a FENAJ também deverá se reunir com a Frente Parlamentar em Defesa do Diploma e com os autores das propostas que tramitam na Câmara e no Senado, visando a possibilidade de fusão das duas propostas para que possam ser analisadas e votadas em sessão conjunta da Câmara e Senado.

Fonte: Blog do O Jornalista

::::::


quarta-feira, novembro 18, 2009

De Repente: Poetas de Rua - Um filme de Arthur Moura



:: Documentário ::

O documentário idealizado por Arthur Moura desde 2004 e finalizado em 2009, com lançamento no último dia 11, propõe a abordagem de duas formas de expressões rimáticas: o Freestyle, arraigado no Brasil através da cultura black norte americana, e o Repente, originário do nordeste do Brasil. Os dois segmentos expõem temáticas e assuntos através de rimas.



"De Repente: Poetas de Rua" traz imagens de manifestações culturais, e depoimentos de improvisadores tanto do Freestyle quanto do Repente, este mostrado literalmente em prosa e verso no bairro de São Cristovão(Zona Norte Carioca), no Centro Luiz Gonzaga de Tradições Nordestinas. O Freestyle é abordado e focado no bairro da Lapa (centro do Rio de Janeiro), onde jovens se encontram para desafios de rimas e improvisos.
"De Repente:Poetas de Rua", vem mostrar a escola de Métrica, Poesia e Música, refletida na cultura carioca contemporânea.

O Documentário, em fase de produção, conta com participações de MC's como Slow da BF, Coé, João Velho, Ramon, Rabu Gonzales, MV Hemp, Dropê, Rico, Aori, Maomé, Loko, entre outros. Além do registros em eventos como Batalhas de MCs no reduto carioca dos poetas da rua.

Realização: EXPRESSO22, Café Crime e 202.

Segue um aperitivo do "De Repente: Poetas de Rua":
RAMON- Trompete



DEPOIMENTO - JOÃO VELHO



RODA DE IMPROVISO - Lapa/RJ




Fonte: Site Expresso 22



.

domingo, novembro 15, 2009

"O Leão Conquistador"

:: Pintura ::

Olá amigos e blogueiros!

Estive trabalhando 10 dias em uma tela que chamo de "O Leão Conquistador".
Tem a arte em mosaico, sem profundidade, com toques de realismo. Feito com tinta acrílica para madeira e finalizado com verniz spray..
Lembrando que não entendo de técnica alguma de pintura, se quem entender achar grotesco, é apenas meu estilo à mão livre.. É minha segunda obra, a cada nova, mais superação.

Homenagem à cultura africana em geral..




"O Leão Conquistador" - The Conquering Lion (Por Monique Barcellos)


Close ( alto - esquerda)


Close (centro)


Close (alto-direita)


Close (abaixo - direita)

Inteira - Full screen


Autora e Obra



Espero que gostem! Comentem o que acharam..
Pintei com várias trilhas sonoras: Nina Simone, Billie Holiday, Bebeto, Casuarina, Erasmo Carlos, Wilson Simonal, e claro, muito Reggae, RAGGA/DANCEHALL!! Matinda, Yaniss Straika, Papa Tank, Damian Marley, entre tantos outros..

Vai aí também um vídeo/som do Yaniss Odua, raggaman da Martinica - Caribe:



Nuff RASpect!
;)

quinta-feira, novembro 05, 2009

Votação da PEC adiada novamente

Amigos e leitores,

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados adiou a votação da PEC do Diploma depois de mais de duas horas de discussão da matéria marcada para ontem (4). A reunião foi suspensa. Sabem por que?

Simplesmente não havia quorum. Isso revela que os deputados não estão nem aí para a causa dos jornalistas, que tiveram o diploma extinto, em junho, por decisão do Supremo Tribunal Federal (STF).

Conforme matéria da Agência Brasil, a PEC 386/09, do deputado Paulo Pimenta (PT-RS), estabelece a necessidade de curso superior de jornalismo para o exercício da profissão. O relator da proposta, deputado Maurício Rands (PT-PE), lembrou que o Parágrafo 1º da PEC prevê que nenhuma lei poderá conter dispositivo que possa configurar embaraço à plena liberdade de informação jornalística, o que garantiria a previsão constitucional de liberdade de expressão.


Fonte: Blog Jornalistas Diplomados


::::::::::::::::::::::::


É, gente..

Tá na hora dos deputados priorizarem temas e debates que não sejam somente relacionados aos interesses da Câmara. Cadê o interesse da sociedade? A favor ou contra, queremos a resolução de problemáticas como o INSS, SUS, Diploma de Jornalista, Meio Ambiente...

Afinal, saúde e informação e qualidade de vida constróem uma nação digna.

CONTINUAREMOS DE OLHO!


quarta-feira, novembro 04, 2009

NO AR!! PEC DO DIPLOMA NA CÂMARA!!

Amigos e leitores!!



Discussão da PEC do diploma ao vivo na Web Câmara http://is.gd/4MUXx

Vamos ver quem está a favor e quem está contra!!
E persuadir os deputados CONTRA aprovação da PEC !

Em breve novos boletins!

sábado, outubro 31, 2009

Frente do Diploma de jornalismo esclarece sobre a PEC


No último dia 28, o relatório da Proposta de Emenda Constitucional 386/09, que torna obrigatória a graduação para exercício do jornalismo, não foi posto em votação na Comissão de Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados (CCJ), conforme previsto. O relatório só seria votado caso a CCJ aceitasse o pedido de inversão de pauta que priorizaria a discussão sobre o tema.

Mesmo antes de ser votado o relatório, o deputado Zenaldo Coutinho (foto) manifestou voto (em separado) contrário à PEC do Diploma. Segundo ele,“o voto vencedor, no referido julgamento do STF, proferido pelo ministro Gilmar Mendes, consolida de maneira definitiva e inquestionável o entendimento de que 'a liberdade de expressão e de pensamento compõem o núcleo essencial da Constituição Brasileira'".



A Luta pelo diploma deve contar com a ajuda da Sociedade

De acordo com
a deputada federal Rebecca Garcia, presidente da Frente Parlamentar em defesa da exigência do diploma em Comunicação Social/Jornalismo para o registro profissional de jornalista, Rebecca Garcia, mais do que nunca, a Frente precisa da ajuda da categoria e das pessoas que entendem a necessidade do diploma para dar continuidade à luta no Congresso Nacional. “Vamos ter que trabalhar forte na Comissão para aprovar a PEC. Não tem lógica essa discussão de mérito acontecer na CCJ, que está ali para julgar a constitucionalidade da PEC e não o mérito da matéria. Queremos que essa PEC passe logo na CCJ para que esse tipo de discussão, que é sempre saudável e contribui para o debate, seja feita na comissão especial que será aberta somente com esse objetivo”, afirma Rebecca.

Segundo a deputada, está sendo formado um grupo muito grande, que trabalhará contra a aprovação da PEC
, disvirtuando a causa em questão, que é a restituição do jornalismo profissional, segundo ela, "Com interpretações erradstitucionais da PEC e não o mérito da matéria. Precisamos da ajuda de vocês! Mandem e-mails para os deputados que fazem parte da Comissão e peçam que a PEC seja aprovada!"

Reunião marcada com Mendes para próximo dia 4

Na próxima quarta-feira (4), o deputado Paulo Pimenta (PT-RS), autor da PEC, e o relator Maurício Rands (PT-PE) (foto) irão se encontrar com o ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes para falar sobre a decisão da inconstitucionalidade da exigência de graduação em jornalismo.




Para jurídico da Casa, PEC é totalmente válida

A deputada Rebecca Garcia, em resposta ao boletim neste blog sobre a PEC ser jurudicamente, morta, esclareceu:
"Que é cláusula pétrea é, mas não tem nada a ver uma coisa com a outra, porque ninguém alterou ou vai alterá-la. Me informei aqui no jurídico da Casa e, na verdade, quem não tem competência para alterar nada na Constituição é o judiciário. O Gilmar Mendes determinou uma coisa baseado em uma interpretação errada (ao meu ver) do artigo 5° da Constituição, mas ele não mudou nada. Quem altera as leis é o legislativo e a PEC do deputado Paulo Pimenta é totalmente válida." - afirmou a deputada.

Fonte: Portal Imprensa e Assessoria de Comunicação Dep. Rebecca Garcia




segunda-feira, outubro 26, 2009

Restituição do Direito ao Diploma do Jornalista

Olá amigos, seguidores e colegas de profissão!

Enquanto a semana começa prometendo tomadas de decisões, por que não, reivindicarmos e mobilizarmos a sociedade a favor de uma manifestação direta, pela restituiçao do Diploma de Jornalista..?
Pesquisei na net e achei este modelo de carta, contendo na sequência, os endereços de email de remetentes expressivos, como dos ministros que aderiram à proposta de Mendes (8x1 Votos a favor da Derrubada do Diploma), além do contato do próprio!!


Muitos dizem achar difícil nossa luta, mas não é isso a Democracia?

Não! Termos que apelar por um direito que já foi nosso, e foi tirado sem nenhum argumento relevante, a não ser por brechas estúpidas na Lei, ou um repentino equívoco interpretativo de um juiz...(???)


Lamentável, mas não lamentemos, vamos agir!


Segue abaixo a carta-modelo e os contatos de email.


Boa semana a todos!




---



À Sua Excelência Sr(a)

………….

Ministro(a) ............... do STF,

A exigência do diploma de Curso Superior em Jornalismo para o exercício independente e ético da profissão de jornalista é uma conquista histórica não só desta corporação, mas de toda a população brasileira. A luta pela criação de Escolas de Jornalismo começou no início do século passado. O primeiro Curso foi implantado 40 anos atrás e a profissão, regulamentada há 70 anos, desde 1969 exige a formação superior na sua legislação. Este requisito representou um avanço para a imprensa do país ao democratizar o acesso à profissão, antes condicionado por relações pessoais e interesses outros que não o de atender o direito da sociedade de ser bem informada.

Setores sem compromisso com a construção de um jornalismo responsável e realmente cumpridor de sua função social vêm questionando este fundamental instrumento para a seriedade, democracia e liberdade na imprensa. Confio que o(a) Excelentíssimo Ministro(a) votará com este entendimento no (RE) 511961, em favor de uma categoria profissional com papel tão relevante e em defesa da sociedade brasileira.

O diploma em Jornalismo, bem ao contrário de ameaçar a liberdade de expressão, é uma das garantias que conferem à mídia brasileira qualidade e compromisso com a informação livre e plural .

Nome:

Profissão e/ou cargo em entidade:

_______


E-mails

*Ministro Gilmar Mendes (Presidente do STF) - mgilmar@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Isabel Cristina Ferreira de Carvalho - isabelc@stf.gob.br

*Ministro Cezar Peluso (Vice-Presidente) - macpeluso@stf.gov.br

Chefe de Gabinete : Carla Kindler Rosanova Sotto - mluciam@stf.gov.br

*Ministro Celso de Mello - mcelso@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Miguel Ricardo de Oliveira Piazzi - piazzi@stf.gov.br

*Ministro Marco Aurélio - mmarco@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Marcos Paulo Loures Meneses - marcosp@stf.gov.br

*Ministra Ellen Gracie - ellengracie@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Ângelo Tabet - angelotabet@stf.gov.br

*Ministro Carlos Britto - gabcarlosbritto@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Beatriz Ventura Teixeira Coimbra - beatriz@stf.gov.br

*Ministro Joaquim Barbosa - mjbarbosa@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Marco Aurélio Lúcio - marco@stf.gov.br

*Ministro Eros Grau - egrau@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Alexandra Mery Hansen Matsuo - alexandram@stf.gov.br

*Ministro Ricardo Lewandowski - gabinete-lewandowski@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Patrícia Maria Landi da Silva Bastos - patriciaml@stf.gov.br

*Ministra Cármen Lúcia - clarocha@stf.gov.br

Chefe de Gabinete: Eduardo Silva Toledo - eduardost@stf.gov.br

*Ministro Menezes Direito

Chefe de Gabinete: Ana Maria Alvarenga Mamede Neves - gabmdireito@stf.gov.br


Fonte: Bloggerpress

..


LEIA O ARTIGO "Derrubada do Diploma de Jornalismo em Discussão"

quinta-feira, outubro 22, 2009

Frente Parlamentar marca reunião com Gilmar Mendes

:: EXCLUSIVO ::

Boletins sobre a Derrubada do Diploma de Jornalismo

(Atualizado até a tomada da decisão da Câmara)

::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::



Quinta, 22 de outubro, 2009.

Frente Parlamentar marca reunião com Mendes

Monique Barcellos

A necessidade do curso superior em jornalismo para exercer a carreira foi considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal, em votação realizada no dia 17 de junho. O que quer dizer que qualquer pessoa pode exercer o Jornalismo.
Porém essa decisão será discutida pela Frente Parlamentar que defende a restituição do diploma, em reunião com o presidente da Corte do
STF, o ministro Gilmar Mendes.


"A Frente tem uma reunião marcada com o ministro Gilmar Mendes no dia 4 de novembro. Vamos ver se conseguimos resolver esse problema com um acordo."
- afirmou a Deputada Federal Rebecca Garcia, que coordena a Frente Parlamentar em defesa do Diploma de Jornalismo.

...

Em resposta à justificativa de ontem(21) do advogado e DJ Saddam neste Blog, onde afirmou que a PEC em questão é juridicamente morta, a deputada Rebecca Garcia assegurou que irá consultar o jurídico da Casa e, em breve, encaminhará uma resposta.

Assista o vídeo de agosto de 2009 do Deputado Paulo Pimenta (PT-RS), onde esclareceu sobre a tramitação da PEC naquela ocasião:




LEIA O ARTIGO "Derrubada do Diploma de Jornalismo em Discussão"


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

quarta-feira, outubro 21, 2009

Votação da PEC prorrogada na Câmara

:: EXCLUSIVO ::

Boletins sobre a Derrubada do Diploma de Jornalismo

(Atualizado até a tomada da decisão da Câmara)


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


Quarta, 21 de Outubro, 2009.

Votação da PEC prorrogada na Câmara


Monique Barcellos


A PEC (Proposta de Emenda Constitucional) não foi votada hoje na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), que analisou outros projetos com votação de urgência.


"Nós, da Frente Parlamentar em Defesa do Diploma, estamos trabalhando para acelerar a votação e agilizar o processo de aprovação final.", afirmou a respeito da pauta neste Blog a deputada Rebecca Garcia, que coordena a Frente Parlamentar.

Segundo ela, o deputado Maurício Rands pedirá uma inversão de pauta na CCJ da Câmara na próxima terça-feira (27), para colocar o relatório da PEC em votação de urgência na quarta-feira (28).


Confira o artigo "Derrubada do Diploma de Jornalismo em Discussão".


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


PEC para Diploma de Jornalismo seria juridicamente morta

Ao ver o anúncio deste Blog sobre a decisão da Câmara para a aprovação ou não da PEC em defesa do Diploma de Jornalismo, marcada para dia 21, o DJ e advogado Saddam justificou a decisão do STF.


"Esta proposta de PEC é juridicamente morta. O STF derrubou a exigência do diploma baseado no art. 5º, que é cláusula pétrea (não pode ser alvo de emenda). Portanto, se esta PEC for aprovada, o STF vai derrubá-la novamente baseado no mesmo dispositivo legal." - afirmou Saddam.

Vamos aguardar maiores esclarecimentos, seja através da Câmara ou da própria imprensa, por meio Boletins neste Blog.



::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

segunda-feira, outubro 19, 2009

Derrubada do Diploma de Jornalismo em Discussão

:: Artigo ::
Monique Barcellos

Fatos importantes são noticiados a todo o momento no Brasil e no mundo, pela TV, em jornais, revistas e em tempo real pela Internet. Graças a jornalistas que sobreviveram até meados dos anos 70 e 80 sem o reconhecimento de um registro tão comum às formalidades das demais áreas atuantes na sociedade: O registro profissional através do diploma de jornalismo.

Ao longo de décadas e da crescente demanda de profissionais na iminência de cada vez mais especializações, foram criados os manuais, cursos técnicos e, em seguida, os cursos superiores de jornalismo, aliados a outros pólos de comunicação social, como Relações Públicas, Publicidade e Propaganda e Marketing.

O comunicador e as instituições de ensino passaram a enxergar o jornalismo com a devida relevância na matriz de transmitir e contextualizar fatos e processos de ordem social, além de formar a opinião pública dentro de uma teia ética, importante conceito profissional ao alcance do estudante e a serviço de todas as camadas da população.

A necessidade do curso superior em jornalismo para exercer a carreira foi considerada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em votação realizada no dia 17 de junho, cerca de quatro meses atrás.

O presidente do STF e relator, ministro Gilmar Mendes (foto) entrou com o processo de votação. Os ministros Carmén Lucia, Ricardo Lewandowski, Eros Grau, Carlos Ayres Britto, Cezar Peluso e Ellen Gracie seguiram a proposta de Mendes. Teve aprovação do Supremo por 8 votos a 1.

Logo após a notícia foi aberta uma audiência pública ao vivo na TV Câmara para discutir os impropérios dessa nova lei, que contou com representantes dos meios de comunicação, estudantes e ministros.

Segundo o site do jornalista da Rádio CBN e Globo News, Sidney Resende, Gilmar Mendes salientou ainda que o jornalismo se diferencia por uma estreita vinculação ao exercício pleno da liberdade de expressão e informação.

Desde que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o diploma de jornalismo não é obrigatório para o exercício da profissão, parlamentares uniram esforços para reverter a decisão. No último dia 2, a exigência do diploma de jornalismo chegou à pauta no Senado. No dia 7, porém, Mendes cobrou do Congresso regras para imprensa. Segundo a Folha Online, o ministro afirmou que o Legislativo brasileiro precisa aprovar regras para disciplinar ações nas quais são discutidos assuntos relacionados à liberdade de imprensa.

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara discutiu a Proposta de Emenda Constitucional (PEC 386/2009) que pretende restabelecer a obrigatoriedade do diploma no exercício do jornalismo.

A deputada Rebecca Garcia está coordenando a instalação da Frente Parlamentar, o deputado Paulo Pimenta protocolou a Proposta de Emenda à Constituição 386 (PEC) e o deputado Emiliano José solicitou à presidência a instalação de uma comissão especial para analisar a questão.


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

:: Exclusivo neste Blog ::


Confira boletins atualizados sobre a Frente Parlamentar pela restituição do Diploma de Jornalismo

(Atualizado até a tomada da decisão da CCJ)


CLIQUE AQUI


::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::




Presidente da Fenaj: “ Ética jornalística não está à venda no açougue ”

Entre sucessivos protestos de acadêmicos e da classe jornalística, o presidente da Federação Nacional de Jornalistas (Fenaj), Sérgio Murilo de Andrade afirmou, segundo artigo no site IG, que a não-obrigatoriedade do diploma para a prática jornalística pode degradar a profissão. Segundo ele, além de teorias e técnicas práticas, durante o curso superior, o estudante de jornalismo se apropria de princípios éticos da profissão que “não se compram nos supermercados" e que "não estão à venda no açougue”.
Na opinião do jornalista, a decisão da Corte abre oportunidades para que pessoas muito desqualificadas exerçam a profissão. Por outro lado, os representantes da Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e Televisão (Abert) e da Associação Nacional dos Jornalistas (ANJ), Rodrigo Kaufmann e Márcia Lyra Bergamo, respectivamente, saíram em defesa do STF.
Andrade ainda questionou a possível falta de critérios profissionais na hora das empresas jornalísticas contratarem seus empregados: “Se joga na lata de lixo a conquista da sociedade brasileira de investir no ensino superior, de qualificação do estudante. Isso foi substituído pelo dono do jornal, dono da rádio, ou dono da TV. Eles é que vão decidir quem está apto. Não me parece justo. (...) Para o bem da sociedade, o jornalismo deve ser exercido por quem se habilita, por quem investe na sua formação em uma escola reconhecida pelo governo federal”.
Segundo o artigo no site IG, a emenda tem que ser aprovada pela CCJ da Câmara para seguir ao plenário da Casa. Segundo o deputado Mauricio Quintella Lessa (PR-AL), que presidiu a sessão, a previsão é que a admissão ou não da proposta seja analisada quarta-feira, 21 de outubro.


OPINIÃO DA JORNALISTA

Abre-se um leque de possíveis “jornalistas” sem legitimidade nem credibilidade em pleno exercício da profissão, dita pelos mais românticos como glamourosa, intelectualista, democrática. A essa altura do campeonato, confundir democracia com despreparo profissional pode fazer a sociedade pensar: e se o mesmo fosse feito, por exemplo, com a medicina?
Tendo como hipótese a existência de uma parcela de médicos antiéticos, ou até mesmo que nem buscaram conhecimento acadêmico, especialização para se dizerem doutores, faria com que a grande maioria dos médicos no Brasil não tivessem direito de exercer a profissão de forma digna e legítima, abrindo portas para a classe médica incapaz de salvar a vida de pacientes?
Como se cria uma lei sobre postura ética, sem exigir esse conhecimento através de universidades?

O jornalismo já conquistou um espaço acadêmico assim como a Medicina, o Direito, a Arquitetura, a Engenharia e todas as áreas científicas (Humanas e Exatas), que merecem ser exercidas com a mesma ordem de legitimidade para o serviço e segurança da sociedade e ainda, no caso do jornalismo, apoiado na Lei de Liberdade e de Expressão e não na omissão de fatos ou interesses pessoais de acordo com o código de Ética em Jornalismo.
Poderia-se pensar em uma sociedade com senso crítico a ponto de reconhecer justamente a dimensão de poder que o jornalismo exerce, e os verdadeiros motivos que impulsionam a censura e segregação do jornalista profissional atualmente. Mas isso só pode ser almejado se tivermos plenos direitos e não formos submetidos aos interesses de uma minoria. Isso sim deveria ser inconstitucional.

Entre as declarações de Mendes, podemos interpretar que o ministro defende a teoria de que qualquer cidadão comum tem autonomia de exercer o jornalismo sem a devida especialização, teoria que vai de encontro à mesma prática em países desenvolvidos, onde se leva em conta uma estrutura organizacional e educacional de excelência, ou seja, o ensino fundamental e médio e a ordem social nesses países de primeiro mundo é exemplar, o que já não se pode afirmar no caso do Brasil e, portanto adotar o mesmo critério seria no mínimo negligente.

Tentar ignorar o abismo sociocultural e o fato de que o exercício do jornalismo tem como base posicionar o senso crítico, aprendizado em teorias midiáticas, a especialização em técnicas para cada veículo de mídia (e que essa base é oferecida e passada hoje no meio acadêmico) também é ignorar o fato de que não proporcionar a um estudante legitimidade de um diploma ao se formar, e a dignidade no exercício da profissão em uma área que preza a liberdade de expressão e informação é nada menos que um retrocesso de censura.

:::::: Monique Barcellos é jornalista profissional, formada em 2007. Trabalha com Radiojornalismo, Assessoria de Imprensa, Produção de Cultural e Divulgação Online.::::::

Contato: moniquebarcellos@gmail.com


.

quarta-feira, outubro 14, 2009

::Exposição::

Olá, queridos!!

A dica dessa semana é o evento em Niterói-RJ, no próximo sábado, 17, que marca a primeira exposição da artes plásticas das talentosíssimas autodidatas Marta F. e Vanessa Azevedo, trazendo um novo conceito de Wall Design: PREPOSITION ART!



---

::Dica de Evento::

Uma grande NOITADA do Movimento Cultural ALVORADA.

A noite começa com um duelo entre banda de Blues e o som eletrônico do DJ Léo Areas (Residente) e Performances de Malabaristas!!

Logo após um número de Comédia da Família Becc Teatral.

Na sequência, a animação fica por conta do DJ Léo Areas (Residente)!

Na pista, exibição de Curtas da ONG CINEMA NOSSO!

No ambiente, exposição da artes plásticas, com as peças da PREPOSITION ART!




---Serviço---

PRÉ-ESTREIA: 17 DE OUTUBRO
HORÁRIO: 23 HORAS
LOCAL: Bar Saideira UP! Rua TAVARES DE MACEDO, N°139 – ICARAÍ
PREÇO: R$16.00 (ANTECIPADO)
R$18.00 (NA HORA)


.

terça-feira, outubro 06, 2009

EVENTO

::Dica de Evento::

Saudações, meus amigos e leitores!



Vai aí uma dica de evento para 25 de outubro, no Engenho de Dentro, Zona Norte do Rio.

MARQUEM NA AGENDA!

"Batalha À Capella" contará com a apresentação dos MCs Chapadão e Papo Reto. Oito (8) MCs batalhando à capella, Grafiteiro Convidado, Pocket Shows, muito Ritmo e Poesia, NA FAIXA! (0800)..

Evento de lançamento da Mixtape "São Vários" do rapper da Baixada Fluminense,
MC K-Bide.

Mais informações no verso do Flyer:








Endereço: Rua 2 de fevereiro, esquina com a Rua Pernambuco, embaixo da Linha Amarela - Bus 238/383/260/266/636/267/653/691.







Apoio: Tujavíu, RZN Records,TV Improsivo (CSelva22), JUNKZ, Rabisco...


:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::


Segue um vídeo que concorreu ao VMB 2009, categoria Rap, e também indicado pelo MC K-Bide para fechar esse post..

"Triunfo" - Emicida:



Tá lançada a dica..
Até mais!
.

domingo, setembro 27, 2009

Brian Wilson (BEACH BOYS) & The Story of Smile



::Dica de Documentário::

MTV Doc Apresenta!!!

Brian Wilson (BEACH BOYS) & The Story of Smile


!!!!HOJE TEM REPRISE!!!!

Dom 27, 18h30


Beautiful Dreamer – Brian Wilson & The Story of Smile:
O filme conta toda a trajetória do disco Smile, de Brian Wilson, que começou a ser gravado em 1966 e foi lançado somente em 2004.

Histórias curiosas, a relação de Smile com outros grandes discos do passado e a personalidade única de Brian Wilson são desvendados nesse documentário.

Emocionante!

Vale à pena.

::::::::::::

Essa é uma das minhas favoritas, do décimo primeiro disco, "Pet Sounds". Elton John, David Bowie são alguns dos que fizeram cover dela..
Essa versão é na voz de Carl Wilson (R.I.P.), irmão do líder Brian Wilson..
Gosto especialmente dessa versão: "God Only Knows - Carl Wilson (Beach Boys)":


>>Letra e Tradução<<>>>> The Beach Boys :: Rehearsals 1967 <<<<

Tem "God Only Knows", "Heroes and Villains" entre outros clássicos!

-Clique em cada faixa com o botão direito no mouse e selecione "SALVAR LINK COMO"



.

quinta-feira, setembro 24, 2009

Arte Plástica by Myself..

    Olá amigos blogueiros!
    Não digo que é bom, que está de acordo com convenções do gênero, mas pra um começo, é o melhor que consegui fazer, sem noções de perspectiva, trabalhando com 2D, foco no primeiro plano apenas.


  
    Essa é uma pintura com tinta acrílica para madeira que fiz na porta do meu quarto, com ilustrações de pássaros "old school" tiradas da net, sendo toda composição à mão livre...Fiquei trabalhando nela pouco mais de 1 mês.

    Chamo de "Windoor - a porta que queria ser janela". Espero que gostem.

    Para acompanhar, trilha do filme ARMAGEDDON - 3 Doors Down - "Here Without You" :



;)

quarta-feira, setembro 23, 2009

A CABANA - William P. Young


::Dica de Leitura::



















Gênero: Ficção

Sinopse: A filha mais nova de Mackenzie Allen Philip foi raptada durante as férias em família e há evidências de que ela foi brutalmente assassinada e abandonada numa cabana. Quatro anos mais tarde, Mack recebe uma nota suspeita, aparentemente vinda de Deus, convidando-o para voltar àquela cabana para passar o fim de semana. Ignorando alertas de que poderia ser uma cilada, ele segue numa tarde de inverno e volta a cenário de seu pior pesadelo. O que encontra lá muda sua vida para sempre. Num mundo em que religião parece tornar-se irrelevante, "A Cabana" invoca a pergunta:
Se Deus é tão poderoso e tão cheio de amor, por que não faz nada para amenizar a dor e o sofrimento do mundo?? As respostas encontradas por Mack surpreenderão você e, provavelmente, o transformarão tanto quanto ele.

***




Nunca fui chegada a livro de ficção, nem best sellers, mas este é especial...
Ganhei de presente de aniversário do meu irmão mais velho.
É uma obra intrigante e impressionante.
Papo reto com Deus e com nossos fantasmas...
Vale a pena! Tá lançada a dica..


Ouça " PERSONAL JESUS " do Depeche Mode. Outros artistas já interpretaram essa música, como Marilyn Manson, Hillary Duff, mas essa versão (Jhonny Cash - Cover) é a melhor. Espero que curtam!!





("...Reach Out and Touch Faith...")