segunda-feira, junho 28, 2010

Da Ópera ao Rap - Va Pensiero é tudo isso e muito além


:: Dica de Som ::
Fonte: WOWZONE

"Va Pensiero"

Da Ópera "Nabucco"
por Giuseppe Verdi


Uma das canções mais ecléticas e executadas ao longo dos séculos, vai muito além da música em si. Descubra o que o Brasil tem a ver com essa música, entre outras curiosidades.


MENSAGEM BÍBLICA


A primeira ópera de Giuseppe Verdi, com êxito, Nabucco (Nabucodonosor), foi escrita em 1842. Ela relata a história bíblica do cativeiro dos hebreus na Babilônia (ilustração acima) no século 6 a. C. Na ópera, o coro "Va, Pensiero" (uma paráfrase do Salmo 137) é cantada pelos exilados nas margens do Eufrates, lamentando a perda de sua terra natal.

HINO DE HOMENAGEM AO AUTOR

Giuseppe Verdi
(1813-1901)


A obra logo se tornou um hino popular para o povo italiano, expressando seu próprio desejo de liberdade política da Áustria. Quando o caixão de Verdi (ilustração acima) foi levado para seu lugar de descanso final, um mês após sua morte em 1901, a multidão de mais de 25 mil pessoas ao longo da rota espontaneamente começou a cantar o refrão de agitação.


VERSÕES VARIADAS

Existem diversas versões desta canção de Giuseppe Verdi. Esta parte a seguir foi estilizada e executada por uma multidão de cantores incríveis e Coros Profissionais, em vários estilos.

Va', pensiero, sull'ali dorate.
Va', ti posa sui clivi, sui colli,
ove olezzano tepide e molli
l'aure dolci del suolo natal!
Del Giordano le rive saluta,
di Sionne le torri atterrate.
O mia Patria, sì bella e perduta!
O remembranza sì cara e fatal!
Arpa d'or dei fatidici vati,
perché muta dal salice pendi?
Le memorie del petto riaccendi,
ci favella del tempo che fu!
O simile di Solima ai fati,
traggi un suono di crudo lamento;
o t'ispiri il Signore un concento
che ne infonda al patire virtù

(...)

Tradução

Vai, pensamento, em asas douradas.
Vai, sobre as encostas, morros,
Quando sentir o doce e suave cheiro
Do solo, cheiro suave e leve!
Cumprimente as margens do Jordão,
E as torres de Zion.
O meu país, tão belo e perdido!
Lembrança tão querida e fatal!
Harpa dourada do profético,
Porque as encostas do salgueiro?
Memórias do peito irão novamente,
Nos dizer sobre o tempo que foi!
O Solima semelhante ao destino,
Deriva um som de lamentação;
Ou então deixar o Senhor para um concerto
Isso pode diminuir o sofrimento
(...)


LIBERTAÇÃO HISTÓRICA

Segundo o historiador Marzio Apolloni, no final dos anos 1800, a Áustria ocupou o norte da Itália, Lombardia, especificamente. Eles estavam aparentemente confusos com a preocupação que os italianos tinham com a música, em "Verdi particular Va Pensiero". Devido ao título, pensaram que foi algo singular e não deram muita importância a Verdi na época.

Estátua de Verdi, localizada em Parma - Itália.

Nas ruas, pelos muros, eles encontrariam rabiscadas ou pintadas a palavra "Verdi". E então perceberiam que todos eles tinham amor ao compositor. Na verdade, essa palavra foi um convite à nação e o patriotismo falou ao italiano, mas talvez tenha significado mais na reunificação da Lombardia. Porque não foi apenas a música - o nome de Verdi teria sido também um acrônimo para Vittorio Emmanuele Re d'Italia. (Vittorio Emmanuele, Rei de Itália).

TEMA PATRIOTA TAMBÉM NO BRASIL

No contexto político do Brasil, essa música também foi adotada como tema de patriotismo, a exemplo da Era Collor. Quem não se recorda da vinheta: "Agora, o pronunciamento do Excelentíssimo Presidente da República...", onde sempre aparecia a nossa bandeira tremulando com "Va Pensiero" (OUÇA AQUI - Versão Coro - Ópera) tocando ao fundo?
Poucos devem se lembrar desse detalhe, já que, atualmente é pouco frequente o pronunciamento presidencial e, quando ocorre, a vinheta é com uma contagem regressiva sem música, cretina e bem sem graça.


DA ÓPERA AO POP

Alguns exemplos dos artistas que interpretaram esta canção incluem Albano Carisi, Dame Jane Sutherland, bem como duetos, um composto de Lucio Dalla e Luciano Pavarotti e outra por Zucchero e Sinead O'Connor.

Mais recentemente o produtor Paul Schwartz (do grupo Cafe del Mar) fez uma belíssima versão dessa música, com um embalo espiritual de Pop/New Age. Produziu esta, dentre várias versões da cantora lírica Carmen Aria. Paul traz a releitura de "Va Pensiero" em uma das 3 coletâneas produzidas por ele ARIA 1, onde ele deu o título "HOME" (Ouça abaixo).

Paul Schwartz - Cafe Del Mar

ARIA 1 - Home (Va Pensiero)


VA PENSIERO NO RAP INTERNACIONAL
Masta Ace - Acknowledge Sample

A partir da produção de Paul Schwartz, o rapper norte americano Masta Ace (Juice Crew) fez o "Cafe del Mar - Home" virar sample da música "Acknowledge" de seu 2º album solo, intitulado Disposable Arts (2002). Confiram a nova roupagem de VA PENSIERO nesse sample abaixo:

É de se esperar que uma música com um teor tão patriota seja relevante, tanto para nós brasileiros, quanto para os artistas contemporâneos de todas as nações. Essa música não é originalmente um hino, mas foi incorporada no consciente coletivo como um Hino de Libertação. E se fez livre para agregar várias versões e reinvenções, por tantos artistas ao longo dos séculos.

Hoje em dia a memória do Brasil não precisa ser recobrada somente em livros de 2° grau, ou desfiles cívicos. Podemos nos transportar para outras Eras e significações. Podemos enriquecer nossa identidade através de nuances, sons, imagens. A cultura ainda pulsa e tem uma ressonância de tempos idos através da Música.

Deixemos o pensamento voar com asas douradas!

Fica a dica: VA PENSIERO para todos nós!

:::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::::

12 comentários:

  1. Tá lindo o teu blog, Monique. Lindo mesmo. Interessante e informativo. Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito legal o blog M. Parabéns !
    Bjo

    R.

    ResponderExcluir
  3. Meus parabéns pelo trabalho muito boa a pesquisa ...
    Se poder mande para meu email por favor ...!
    Ass: Bob-x

    ResponderExcluir
  4. O Blog está lindo, muito bem organizado, com informação e cultura de sobra! Está imperdível!
    Parabéns, irmã! Este post é apaixonante, especialmente pelas informações e por citar Cafe Del Mar, que é um xodó nas nossas vidas, né? rs
    Continue, implacável como somos!
    Te amo!

    http://www.twitter.com/EllaDree

    ResponderExcluir
  5. Agora siiiim! muito bom post! pesquisa interessantissima pruma música com tanta história! parabéns mnk!

    ResponderExcluir
  6. Essa pra quem acha que o hip hop não é cultura! Parabéns pela pesquisa :)
    - Bruna

    ResponderExcluir
  7. Tb gostei muito, Monique. Tá quebrando a gata! Beijão, Juninho - jr@waves.com.br

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Monique.. seu blog está ótimo, com matérias maniríssimas!! Vc é uma excelente profissional.. tem um futuro brilhante!
    Sucesso sempre..

    Carol Moraes

    ResponderExcluir
  9. Adorei, Monique!
    Ótima pesquisa, mesmoooo...
    obrigada por compartilhar seus conhecimentos, vivências e opiniões conosco! :)

    bjo Flor

    e ahhh adorei a nova "roupagem" do blog!

    ResponderExcluir
  10. belo post, parabéns!! e valeu a indicação do Café del Mar, eu não conhecia, e gostei muito. Grande abraço!!

    ResponderExcluir
  11. Obrigada a todos que visitaram esse Post. Fiquei satisfeita com a matéria e com a pesquisa. Essa música marcou minha infância e fui redescobrir depois de 20 anos com o Cafe Del Mar, que adoro!
    Todos são sempre bem-vindos!
    Até mais!

    ResponderExcluir
  12. Fiquei encantada, obrigada por compartilhar algo tão precioso quanto essa matéria, bjs

    ResponderExcluir

Fique à vontade e por favor, ASSINE seu comentário!