terça-feira, junho 14, 2011

Praça XV: Skatistas e autoridades poderão entrar em acordo



Manifesto propõe diálogo entre skatistas e autoridades na Praça XV

Por Jeovanna Maria




O evento "Eu Amo Praça XV" promete fazer barulho nas ruas do Rio, domingo (19) para reinvindicar o uso de espaços públicos pelos skatistas. Organizado pelo coletivo "Love XV" o manifesto acontece desde 2007, e coloca em voga a discussão democrática pela liberação e regulamentação da prática em praças públicas do centro do Rio. O evento é sobretudo uma iniciativa para estabelecer a convivência harmônica entre os adeptos e simpatizantes do esporte com autoridades responsáveis, que proíbem os 'carrinhos' em determinadas áreas.

"Eu amo Praça XV" está previsto para começar às 10h, no Aterro do Flamengo. O ponto de encontro dos skatistas é a Pirâmide (monumento à Estácio de Sá) de onde sai a "skateata" rumo à Praça XV, na área perimetral do centro Rio de Janeiro. O manifesto "Eu amo Praça XV" tem apoio de Gobby Trucks, Street Force, Homegrown, Pouso Alto, Liga Trucks, Hocks, Viva Rodas, além do estúdio de tatuagem Arte na Pele e Circo Voador.

Porque não, não é resposta

O litígio é antigo. Desde 1999 os adeptos do esporte tentam acordo com os órgãos responsáveis pela segurança e manutenção das praças, e a recorrente resposta é não. Mas, por que não? O coletivo, notável pela diversidade entre seus membros, questiona as imposições da Prefeitura do Rio de Janeiro, promovendo ações que regulamentarize a prática em harmonia com os transeuntes e usuários do espaço público e coletivo.

Além do estabelecimento de horários para uso do mobiliário urbano, o manifesto propõe obras de adapatação e manutenção adaptada à todos os cidadãos, inclusive para os skatistas. "Eu amo Praça XV" pretende mostrar que a intenção não é degradar o patrimônio, já que os skatistas dependem de boas condições e ambiente agradável para o lazer.

Mas, não é só de questionamentos políticos que o evento é feito. Já que o assunto é esporte e lazer, o manifesto promete repetir o clima familiar dos anos anteriores, com irreverência e, é claro, muitas manobras. Aproximadamente 40 skatistas, entre homens e mulheres de todas as idades, vão participar do campeonato de melhor manobra, best trick, mantendo a tradição na manifestação.

Membro organizador do coletivo "Eu amo Praça XV", Raphael Buarque - o Pharra, acredita que a experiência dos anos anteriores fortalecem o discurso e a forma de abordagem: "Depois de realizarmos três eventos com o objetivo de liberar a prática do Skate na Praça XV e no centro do Rio de Janeiro, acredito que esse ano estamos mais fortes, organizados e maduros. Conseguimos reunir toda experiência dos três anos anteriores e junto com um movimento natural e simbiótico - e verdadeiramente de RUA - que está tomando o Rio de Janeiro, iremos realizar uma manifestação de grandes proporções esse ano". Pharra reforça ainda a intenção do grupo de preservar os mobiliários urbanos: "Um dia, a Praça incluirá oficialmente os skatistas e sua cultura no seu cotidiano. Nós, como ninguém, sabemos o valor que esse lugar agrega à cidade, somos uma família e a Praça XV é o nosso lar, e a família quer fazer do seu lar o melhor lugar do mundo".




::::::::::::::::::::::::::::::::


Um comentário:

Fique à vontade e por favor, ASSINE seu comentário!