segunda-feira, outubro 31, 2011

Município de Saquarema regulariza serviços de Taxi


De acordo com a SECOM (Secretaria de Comunicação) de Saquarema, a Prefeita Franciane Motta sancionou no dia 25 de outubro, a lei que disciplina o serviço de transporte em veículo taxi, em Saquarema. Com a medida, todos os carros serão padronizados, passando a trabalhar com taxímetro e faixa de identificação. A Lei 1.165 também estabelece um código de conduta e prazo de dez anos para a transferência da autonomia. Dentre outras exigências, novos emplacamentos só serão realizados em carros com até oito anos de uso.

Atualmente, 230 profissionais estão em atividade em Saquarema, trabalhando em 12 pontos. Serão abertos novos pontos de taxi para atender a demanda. Brevemente a Prefeitura, através da Secretaria de Obras e Serviço Público, irá distribuir uma cartilha contendo a nova lei. Maiores informações na garagem da Prefeitura, antiga Secretaria de Transportes.
Link

:: Contatos ::
SECOM - Youtube
SECOM - Facebook

SECOM - Twitter

secomsaquarema@gmail.com (22)2651-1066

::::::::::::::::::::::::::::::::::


4 comentários:

  1. Meu deus finalmente!!! Chega de ser roubada pelos taxistas!

    ResponderExcluir
  2. Maíra, por favor não generalize....Sou taxista a 9 anos e desde que comecei venho lutando para que isso fosse feito. Arrumei muitas inimizades desde então e cansei do que NÃO foi feito pela prefeitura. Venho tentando organizar essa categoria a anos e só levo porrada de todos os lados, então cansei; se a prefeitura quer que fique uma bagunça, que é o que vemos hoje com táxis sem taxímetros, sem identificação dos condutores, carros particulares trabalhando como táxi, lotadas, ponto autorizado por vereador à menos de 100 metros de outro ponto; aí só tenho a lamentar e jogar a toalha...Até posso concordar com você que alguns taxistas abusam na cobrança das corridas, mas isso é culpa da própria prefeitura que não fiscaliza absolutamente nada e muito menos quem recebe a doação de uma autonomia. Mas dizer que é roubada pelos taxistas é um pouco duro com os que ganham a vida desse trabalho. Não sei se você é moradora ou a quanto tempo usa o serviço de táxi na cidade, mas você já deve ter percebido como aumentou o número de táxis circulando; isso é mais uma prova da falta de controle da prefeitura que autoriza sem saber o que está fazendo. Concordo com você que FINALMENTE o serviço vai ser regularizado. Só acredito quando me obrigarem a instalar um taxímetro ou a pintar a faixa !!! Quando eu entro no supermercado, eu quero ver o preço na etiqueta, num restaurante eu sei o preço do prato pelo cardápio, porque os táxis não tem taxímetro ????? porque a "maioria" dos taxistas, aqueles que não evoluiram querem cobrar qualquer coisa. Quando vêem um gringo, querem logo meter a mão, mas isso é coisa de gente pequena, que não quer ver as ruas asfaltadas, que não pensa em ter mais passageiros, pensam em ganhar muito trabalhando pouco....
    Monique, me desculpe o desabafo, mas tô cansado de só ouvir falarem mal dos taxistas, de tanto desprezo da prefeitura pela categoria e agora ainda sou chamado de ladrão !!!!
    Um abraço
    Mauro

    ResponderExcluir
  3. Tudo bem, Mauro. O espaço é livre para os comentário. Devemos comemorar essa regularização, que atende ao direito do consumidor e previne abusos das tarifas. Tipo: 15 reais até Itaúna, no Reveillon vira 40. Com certeza é uma vitória. E uma dignidade ao trabalho da classe taxista.

    ResponderExcluir
  4. Prezada Monique. sou morador, eleitor e contribuinte no município de saquarema. Gostaria de me informar sobre a atividade de "motoboy" -atividade que utiliza a moto como condução de passageiros. a) Já existe em saquarema uma cooperativa organizada? b) poderia me filiar a ela? c) caso não tenha, poderia praticar na informalidade?

    ResponderExcluir

Fique à vontade e por favor, ASSINE seu comentário!